DESFRUTE DA LIBERDADE NÃO SE DEIXE APRISIONAR


João 8:36 “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”.

Ela ficou ali parada, me olhando assustada, podia sentir seu medo, uma respiração ofegante mostrava que ela estava cansada de lutar, de tentar escapar. Não sei de onde veio ou como entrou. Talvez nem ela mesma soubesse, quem sabe estava pensando: “como vim parar aqui?”, “por que não tomei cuidado?”. Mais um vôo, mais uma tentativa e, nada! Parecia não haver saída. Fiquei ali sentado, olhando para ela e pensando: “eu poderia ajudá-la, mas como? Ela tem medo de mim!”.

Pondo-me no lugar dela, acredito que também teria medo. Aquela pequena andorinha estava presa dentro do templo há muito tempo. Na verdade eram duas. A primeira que vi, assim que abri a janela, partiu sem hesitação, voou rumo à liberdade, não teve medo de mim, parecia até saber que eu estava ali para ajudá-la. Mas, a outra estava muito assustada, acredito que estava presa há mais tempo, percebia-se por seu cansaço. Foram muitas decepções, muitas tentativas frustradas, talvez agora estivesse com medo da própria liberdade, medo de correr riscos, afinal, por diversas vezes havia se lançado contra o vidro da janela. Ela podia ver o lado de fora, sabia o que queria, mas aquela barreira invisível a prendia do lado de dentro. Agora, com a janela aberta, só seu medo a aprisionava, o medo de tentar novamente. “Será mesmo que ele quer me ajudar?”.

Isso me fez refletir na vida, pois às vezes me sinto aprisionado por paredes invisíveis que me impedem de voar rumo à liberdade, sei o que quero, vejo para aonde quero chegar, mas, muitas vezes tenho medo de voar. Já se sentiu assim? Preso por paredes invisíveis? Elas nos dizem o tempo todo: “o que vão dizer os outros?”, “está fora da moda”, “todo mundo faz assim”, “e se não der certo?”, “o que vão pensar de mim?”…

Decepção com um relacionamento, a separação ou o divórcio, uma traição, a perda de um emprego, de alguém que se ama. O fracasso, os erros, o sofrimento, a solidão, podem se tornar paradigmas, barreiras invisíveis que nos impedem de tentarmos novamente, de sermos diferentes, inovadores, correr riscos, confiar nas pessoas, confiar no que Deus está nos dizendo, seguir os sonhos… Na verdade um sonho não tem muito sentido, parece estar além de nosso alcance. Por isso que para muitos são apenas sonhos. Mas, aqueles mais corajosos, que realmente acreditaram e partiram em busca de seus sonhos, descobriram que as barreiras podem ser transpostas.

A barreira do medo, da vergonha, da baixa autoestima, dos preconceitos, do pensamento alheio, da preocupação, da incompreensão… Fazem muitas pessoas desistirem do que querem, do que acreditam, alguns desistem até de Deus.

A Bíblia nos dá uma maravilhosa definição do que é fé: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem” (Hb 11:1). Somente pela fé conseguiremos transpor essas barreiras que foram criadas em nossas vidas, Deus te convida a segui-lo por um novo e vivo caminho (Hb 10:20). Ele está abrindo a janela para que você possa voar, sem medo do novo, “olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.” (Hb 12:2).
Desfrute desta liberdade no Espírito e siga em frente, Deus te conduzirá!

“Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade”. (2Co 3:17).  Paz e bem


Para minha Esposa querida: Fatima Moreira

Fonte: Luiz C Gomes



Anúncios

2 comentários sobre “DESFRUTE DA LIBERDADE NÃO SE DEIXE APRISIONAR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s