Aberto para balanço


Como vai você, amigo, tudo bem? Desejo que tudo vá bem em todas as coisas.

Aproximamo-nos do fim de ano e esse período é oportuno para darmos aquela refletida na vida, não é mesmo? A vida é uma dádiva graciosa de Deus e por isso ela não pode parar e temos que conduzi-la sempre regrada com o virtuoso sentimento de gratidão, assim ela será bem melhor.

Como cristãos há muito que fazer… Muitos projetos, trabalhos, idéias… se não for assim a vida fica sem sentido. É, agora, o tempo de pensar nessas coisas. Que tal você organizar sua vida com base na palavra de Deus e fazê-la mais produtiva do que no ano anterior?

Que tal direcionarmos nossa atenção um pouco mais para o próximo, “o outro” que Cristo nos mostrou, ao invés de investirmos somente em nós mesmos? Que tal administrarmos nossa vida economicamente, reconquistando a integridade do nosso salário, que o sistema chama-o agora de “poder de compra” e não deixar- nos seduzir pela mídia, proporcionando assim paz e harmonia no lar? Que tal como cristãos autênticos oferecermos um jejum a Deus, mas um jejum que agrade a Deus através de uma consagração constante de nossas vidas, por intermédio de nossos atos e motivações sinceras? Que tal em nosso lar sermos mais ouvintes e cooperarmos mais, numa atitude sábia para que sempre paire uma atmosfera de harmonia demonstrando ao mundo o que é, verdadeiramente, um lar cristão? Que tal investir em você mesmo, no seu crescimento pessoal e profissional, essa atitude terá um desdobramento refletido não só em você, mas na sua família, na sua igreja e na sociedade.

A igreja é o corpo de Cristo, organismo ideal para que todos esses projetos se desenvolvam progressivamente à medida que experimentamos as vitórias (Deus tem sido bom para conosco) conseguidas.

Como você vê sua igreja, como interage com ela? Qual o seu grau de comprometimento e engajamento? Pense nisso. A igreja ama você! Não precisa ter receios, pode aprofundar sua relação, uma vez que tudo o que você fizer: sonhar, projetar, empenhar, estará, em última instância, fazendo para Cristo. Neste caso vale até o sofrimento. A igreja tem propósitos bem definidos e que só ela pode realizar, dentre eles está a evangelização, e nisso precisamos estar juntos. Há um processo que se desenrola em três vias simultâneas: a edificação, a evangelização e a glorificação a Deus. Essa maravilha só pode ser executada pela igreja, é tarefa exclusiva dela, e só pode ser participante disso quem faz parte dela. Esse é o propósito da igreja de Cristo na terra.

Escrevi com base em (3 João 2) que diz: “Desejo que seja próspero em todas as coisas,e tenhas saúde, assim com é prospera a sua alma” Isso é possível e só há uma coisa a fazer: Marchar. Então marche! E diz o Senhor pra você: “E eu serei contigo por onde quer que andares”. Paz e bem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s