E o nosso telhado é de vidro ?


É impressionante observar como o vício tem laçado de forma veraz a vida de tantas pessoas, e como tem prejudicado sua saúde física e emocional. Afirmo categoricamente que o vício não respeita ninguém, e de forma sutil tem conseguido seu êxito em diversas camadas sociais, cristãs ou não, sejam nas de alto ou de baixo poder aquisitivo, envolvendo famosos ou não, idosos e até crianças.

Alguns meses atrás, o Brasil e o mundo ficaram chocados com a cena estarrecedora do menino indonésio Aldi SugandaRizal, que, com apenas dois anos de idade, chegou a fumar cerca de 40 cigarros por dia.

O vício tem suas sutilezas. Ele aparece aos poucos. O perigo talvez não esteja nas grandes doses ou tragadas, pois são apenas uma consequência daquilo que algum dia começou de forma bem diminutiva. O verdadeiro problema talvez esteja nos pequenos começos, naquilo que é considerado “normal” aos olhos de muitos. O lema do sistema em que vivemos é o seguinte: “Use, mas não abuse”. Porém, com o tempo, o vício se tornará mais forte para o usuário, e este, nem que queira, não conseguirá vencer mais aquilo que poderia ter sido evitado, se não considerado “normal” no início.É o que está acontecendo hoje. Muitos querem e tentam de tudo para deixar o vício, mas não estão conseguindo abandoná-lo.

Agora, se o vício é algo tão prejudicial à saúde e em alguns casos leva a doenças e mortes, por que muitos se entregam a situações que podem levá-lo a ser um viciado? O fato é que nem as propagandas que trazem advertência sobre tal assunto parecem resolver o problema.

Amado, não espere alguma doença vir à tona ou receber algum laudo negativo por parte do médico para tomar as devidas providências com respeito a sua saúde e qualidade de vida. Talvez neste dia você se encontre em um vício que não consegue mais dominar, mas quero encorajá-lo a buscar ajuda em tratamentos terapêuticos e espirituais. Talvez você, que já é um cristão ou é um novo convertido, esteja convivendo com certos vícios prejudiciais. Mas, Seja o que for que te domina, gostaria de te dizer algo: procure ajuda querido. Busque orientação com seu líder, peça oração, seja sincero e humilde, reconheça que precisa de libertação e cura. Não deixe que Satanás coloque em seu coração sentimento de vergonha, a tal ponto de você viver de forma isolada e constrangida. mas tome uma posição, principalmente você que já está um bom tempo na igreja.

A situação parece se complicar quando o caso envolve crentes mais antigos que infelizmente ainda de forma camuflada tem sérios hábitos destrutivos em suas vidas, mas há esperança para você. No reino do Senhor, o arrependimento e a opção para um novo começo, tem um grande significado espiritual. O cristinanismo verdadeiro é marcado por novos começos. È viver a cada dia a novidade de vida em Cristo Jesus.

Em Pv 28:13 diz: “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia”. 

Jesus ama você e também o seu corpo. Ele quer ver você livre de qualquer coisa que te sugue e te prenda. Com Ele, sua vida nunca mais será a mesma. João 8:32 diz: “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Não existe nada melhor para o homem do que viver livre, de bem com Deus e com seu próximo.

Como você está? Livre ou preso a algum hábito destrutivo? Quer ser liberto e ter uma vida abundante e prolongada? Procure conhecer melhor Jesus Cristo, aquele que pode resolver seu problema e trazer harmonia ao seu coração. Que Deus te abençoe! Paz e bem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s