Nós somos todos corruptos.


Que o Espirito do Senhor abra os olhos de nosso povo.

Não sei o porquê nossa política é tão tolerante assim com esses criminosos de altas laias; porque esses camaradas são delinqüentes e dos grandes, entende? Aqueles milhões que roubam ali; faltam na saúde, na educação e são refletidos diretamente na sociedade, como no caso violência e da criminalidade e a miséria também; fazendo o povo morrer na fila do INSS. E por aí vai… Eu vi ontem na tv… vi camaradas ali que deveriam estar na cadeia. O tal da “cachoeira” tirando o sarro da cara deles. Agora te pergunto: como pode um cara ser julgado por outros de práticas semelhantes às deles, qual a moral? Acho que é por isso que se toleram, salvo as exceções, é coisa de quem tem rabo preso mesmo. Para resolver essa situação, a primeira coisa a ser mudada em nosso país seria a legislação. Ela é conivente e, na verdade, até fomenta esse tipo de prática. Ou seja, é a velha história do colarinho branco. A diferença está na roupa. Os ratões gordos são pegos e a justiça manda soltar, aí, nesse caso então, quem tem que ser preso é a justiça. Compreende? O interessante é que esse tipo de tolerância da legislação é exclusividade daqui do nosso amado Brasil e a nossa sociedade paga um preço alto por essa postura do legislativo brasileiro. Por hora, penso em concordar coma falácia do governo, dizendo: “… oh! Não vote no fulano, seu voto é que vai dizer lá na frente…” querendo se eximir da culpa, pelo ladrão figurar entre os pretendentes ao cargo, jogando a responsabilidade para o povo. É uma baita falta de justiça, moral e ética. É tipo assim: Se o camarada é pego roubando um sabonete e for fichado, terá ficha suja pro resto da vida, não podendo sequer trabalhar depois, a sociedade e o sistema financeiro, bem como os empresários o descriminará para sempre, a verdade é essa. Agora, lá no meio do cenário político não é assim; se o cara rouba milhões, prejudicando a nação toda, matando gente, contribuindo para a proliferação da droga no Brasil e etc. ele tem certa “ficha suja”, mas é amparado pelo “bando” e depois liberado, sendo senador, deputado, e tudo mais. Ora essa! Isso não cheira mal? Agora, diga-me: como que a sociedade discrimina o cara do exemplo do sabonete e não expurga esse segundo exemplo por muito mais que fez? Isso não cheira à carniça? A imoralidade fede! Agora, não é que a sociedade queira isso não! Mas é que nós temos uma mídia “porca” desfrutando de tal “liberdade”, que, na verdade, é refém de uma política de mercado, que o que vale são os altos lucros, que fomentam esses comportamentos e promovem esses camaradas, fazendo uso da manipulação da opinião. Ou seja, eles elegem quem eles querem e o que manda é a grana. Aqui vivemos uma inversão de valores, o errado é que está certo, o mentiroso é que é ouvido, o criminoso é que e solto, o corrupto é que é eleito, e por aí vai… Precisamos acordar Brasil!!! Paz e bem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s