Sou Cristão do Repartir ?


Eu ajudo, tu ajudas, ele ajuda, nós ajudamos, vós ajudais e eles ajudam. Uma cooperação total precisa ser evidente a todos aqueles que se dizem Cristãos! Não estaria este sendo um discurso muito radical? Será que eu já não faço o bastante? Sou dizimista fiel e as minhas ofertas já não tem sido poucas, o que mais vocês querem de mim? Eu quase não tenho tempo pra nada! Meu tempo já está totalmente comprometido! Eu procuro fazer a minha parte! E você, o que tem feito? Muitos são os questionamentos e os argumentos propostos por nós. Estamos realmente comprometidos com Deus pelo simples fato de ir a igreja? Estamos comprometidos com Jesus ao se fazer presente em todas as reuniões? Estamos comprometidos com o Reino de Deus a medida que se faz presente em nós o rótulo eclesiástico de Cristão, diácono, Sacerdote, bispo, apóstolo, pai-apóstolo, patriarca ou sei lá mais o que se tem almejado? Reparte comigo tem sido o clamor daqueles que estão do lado de fora. Daqueles que não possuem a oportunidade de exibir as suas mais sinceras vontades de estampar o figurino da moda e suas ostentações. Reparte comigo tem sido o gemido daqueles que passam fome, sede e frio. Reparte comigo tem sido o clamor das cracolândias que devastam as comunidades ao lado das nossas igrejas. Reparte comigo tem sido o clamor ignorado por nós que podemos todas as coisas Naquele que nos fortalece. Reparte comigo, grita o menino jogado no barraco da comunidade sem saber o que vai comer pois seu pai já morrera com um tiro de bala perdida e sua mãe está vendendo o corpo em troca de uma mísera pedra de crack para satisfação de um vício invencível e passageiro que consome corpo, alma e espírito. Reparte comigo, é o clamor de quem já não encontra no governo, na sociedade e nas igrejas uma mão estendida para que se possa alcançar algum tipo de ajuda. Reparte comigo presidenta, reparte comigo senhor governador, reparte comigo, senhor prefeito, reparte comigo Sacertote, reparte comigo meu irmão, reparte comigo… Tomara Deus o reparte comigo possa encontrar contemporâneos como Madre Tereza, que decidira aceitar o chamado se disponibilizando como um simples lápis nas mãos de Deus, mesmo sem recursos, disposta a ser instrumento de uma nova história na vida dos mais pobres dos pobres. Reparte comigo é o clamor daqueles a quem JESUS se esconde em seus disfarces mais sórdidos, imundos e negligenciados. Reparte comigo, daquilo o que Jesus tem feito chegar as suas mãos. Reparte comigo a sinceridade do uso dos recursos que possam chegar ao propósito destinado por Deus. Reparte comigo um estilo de vida menos gorduroso, para que chegue até nós as migalhas que caem das mesa dos ricos. Reparte comigo, pelo amor de Deus Reparte comigo! O agonizante grito do reparte comigo está aos poucos perdendo volume, chegando ao ponto de não conseguir mais definitivamente ser ouvido. Precisamos refletir como sal da terra e luz do mundo, se prestamos para temperar ou iluminar mais alguma coisa. Precisamos saber se é verdadeiro ou equivocado o rótulo de sermos chamados cristãos. Precisamos saber se sentados nos gabinetes das Dioceses, ou do luxuoso gabinete, ou nos faraônicos templos climatizados, ou dos bancos das igrejas, temos conseguido ouvir o reparte comigo… Reparte comigo fora uma das máximas de Jesus, que fora repartido na cruz do calvário, por amor de todos os homens, procurando dar o exemplo de não se poupar por amor incondicional, obediência e temor ao Pai que insiste em nos amar acima das nossas omissões. Reparte comigo, diz Jesus, compartilhando de pães e peixes nas mãos dos discípulos, alimentando a fome de milhares de pessoas. Reparte comigo diz Jesus, os dons ministeriais para que possamos alcançar juntos a vida de todos os que clamam. Reparte comigo, nos convida Jesus, a continuar relembrando de forma prática e constante o memorial do partir do pão e tomar do cálice. Reparte comigo é o grito de Cristo por traz do seu disfarce mais sórdido, na vida daqueles que estão do lado de fora. Reparte comigo é a negligência daquele que está sendo usado por Deus para escrever estas fortes palavras, que se traduzem na realidade que insiste em ser ignorada por nós. Reparte comigo…. A Paz de Cristo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s