Enriquecidos Nele.


“pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que pela sua pobreza fôsseis enriquecidos”. 2ª Coríntios 8:9 Todos nós, independente de qualquer coisa e sem exceção, estávamos mortos em nossos delitos e pecados. Nossa mente entenebrecida seguia a vaidade de nossos sentidos. Estávamos sem Deus, separados e destituídos de sua glória e, por natureza éramos filhos da ira (Efésios 2:1-3, 11-12; Romanos 3:23). Em tal condição, o que nos aguardava eram a condenação e a perdição eterna (João 3:18-20). E para piorar, não poderíamos fazer nada para mudar nossa condição; absolutamente nada… Até mesmo o nosso melhor, como por exemplo, a nossa justiça, era uma afronta diante da santidade, justiça e glória de Deus (Eclesiastes 7:20; Romanos 3:10-18; Isaías 64:6). Contudo, antes do tempo, antes da criação de todas as coisas e do homem, antes mesmo da queda do mesmo e de sua transgressão, Deus em sua presciência nos conheceu e nos predestinou para a filiação em seu Filho Jesus Cristo (1ª Pedro 1:2; Efésios 1: 4-5). Então no tempo, mais precisamente na plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho para morrer a nossa morte e para que pudéssemos viver a sua vida (Gálatas 4:4-5). Em 2ª Coríntios 8:9 diz “pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que por sua pobreza fôsseis enriquecidos”. Ou seja, o filho sendo imensuravelmente rico em sua essência divina, se fez pobre, assumindo a forma humana e como homem tornou-se servo obediente até a morte e morte de cruz. Com esse tipo de morte o Filho cumpriu as exigências da justiça de Deus em relação a nossa redenção. E por meio de seu ato de justiça, justificou-nos para sempre (Filipenses 2:5-11; Romanos 5:17-19). Com sua morte, Jesus Cristo, a semente Divina, semeou-se para dentro de nós, nos enriquecendo e nos tornando coparticipantes da natureza Divina (João 12:23-24, 31-33; 2ª Pedro 1:3-4). Agora, Deus habita em nós por meio do Espírito. Nossa vida humana não é mais uma vida medíocre, mas uma vida notável. A vida ressurreta e elevada está em nós (1ª Coríntios 3:16). Portanto, não devemos dar ouvidos ao acusador; não devemos olhar para as nossas fraquezas e nem para as dificuldades dessa vida, mas para Jesus Cristo, o Nosso Salvador (Romanos 8:31-39). É hora de levantarmos nossa cabeça; não andarmos amedrontados e nem acuados por nada neste mundo, mas olhar com os olhos espirituais para a bondade e a benignidade de Deus. Por meio da contemplação da beleza de Cristo, exultamos e nos regozijamos por tudo que Ele é e fez por nós! É hora irmãos! Vamos tornar a levantar nossas mãos cansadas e nossos joelhos trôpegos (Hebreus 12:12-13) … Sigamos em direção ao alvo, amém! Paz e bem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s