Músico o primeiro a chegar e o último a sair.


Arrasta a caixa de som, solda o fio, faz a “gambiarra” para ligar o microfone… Essa é a rotina de milhares de ministros de música antes de qualquer evento. Antes de começar a Missa, o grupo de oração ou a procissão, o ministro de música já chegou. Ele é motorista, roadie, eletricista, instrumentista e cantor, tudo para que a graça de Deus alcance e toque os corações por meio da música, instrumento poderoso, flecha que acerta o alvo levando o mais importante: a Palavra de Deus. Canto final, hora da paz de Cristo para todos que se despedem e vão para suas casas, menos para o ministro de música, pois este tem de limpar o instrumento e guardá-lo, desarmar o som e ainda dar carona para quem mora longe. Diz para mim se não é assim que acontece toda semana? Além de tudo isso, há a música propriamente dita. É preciso ensaio, repertório, oração, esforço e mais ensaio. É daí que sai a eficácia da sua missão. A sua fidelidade, semana a semana, gera algo muito maior do que você pode enxergar. Ser ministro de música é isso, é estar a serviço. Quanto mais você se colocar a serviço, mais Deus lhe dará a eficácia. Não é só estar atrás do microfone e cantar; é preciso ter o que cantar e lutar por isso. Deus, que o chamou para esse serviço, acredita na sua música. Você também acredita nela? Deus abençoe o seu ministério. Ana Lúcia Teixeira Missionária da Canção Nova, integrante do Amor e Adoração e professora de canto licenciada em música.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s